Rosa

Passeando pelo instagram e site La Marcon me deparei com muitas imagens de decoração, mesa posta, detalhes e flores, na cor rosa. Uma paleta suave, acolhedora, doce, feminina, delicada e toda essa sensação que vem das cores é inconsciente e inerente a nossa razão. Seja na arte, decoração ou nas roupas o efeito é o mesmo e atinge a todos da mesma forma.

Há tempos se fala de uma mudança de comportamento, de qualidade de vida, de vida ideal…interessante seria uma consciência coletiva de que a docilidade transforma nosso ser, as pessoas ao redor, o dia e nosso mundo, mesmo que ele seja pequenininho. Lá estou eu falando de novo do poder que temos de mudar a nós mesmas e com isso o entorno de cada uma, é, eu sei que sou repetitiva mas acredito realmente nisso e vou compartilhar quantas vezes puder e se com isso sua vida também ficar melhor, cumpri meu papel ☺

A docilidade não tem gênero, deveria ser pré-requisito de todo ser humano, para ser um ser humano. É a sensibilidade que nós engavetamos e esquecemos empoeirando em algum lugar dentro de nós enquanto tentamos ser forte, bem-sucedida, decidida de opiniões e escolhas que optamos para agradar a sociedade, a regras impostas, a um check-list de vida perfeita que nos nega ser nós mesmas.

O rosa vem devolver um pouco desta feminilidade a todos, pois como já cantou Pepeu Gomes “…sou masculino e feminino…”, todos temos nosso lado masculino e feminino, o yin e o yang, que para ser perfeito precisa estar em harmonia. E com harmonia tudo é suave e real. Eu sei, você cresceu em uma época em que mulheres tinham que ser “homens” para ser bem vistas no trabalho e homens não podiam chorar, chega, né?! E como fazer para voltar ao princípio de quem somos?

Uma ótima maneira de resgatar esta docilidade que o mundo necessita tanto é através das cores e a cor rosa cumpre este papel tão bem que chega a ser apaixonante. Não é por acaso ou mera coincidência esta cor estar presente nas paletas da Pantone há alguns anos. Rosa e seus tons: Candy color, pastel, claro e suave transmite a feminilidade da maneira mais doce, querida, fofa e acolhedora possível. É romântica, discreta e feliz. Quanto mais escuro for o tom mais seguro e confiante desta feminilidade é a mensagem, sem correr o risco de aparentar ingenuidade.

Abuse do rosa, quando quiser transmitir acolhimento, compreensão e disponibilidade. Outra boa opção é usar o rosa para quebrar a agressividade ou sensualidade de algumas peças como uma jaqueta de couro ou um vestido justo e com fendas. Tudo se aplica em sua vida como um todo, de ambientes, a pessoas e momentos. Então, vamos de pink! De uma recepção decorada com tons de rosa passando pelas roupas e acessórios.

Dicas de como usar o rosa nas peças de roupas para o look ideal: Você é uma líder e tem fama de durona? Vá de rosa claro. Misture-o com marinho ou cinza para manter a mensagem profissional. Quer ser transmitir feminilidade e assertividade? Vá de fúcsia. O que você quer comunicar? Comunique também com as cores ☺

Inspire-se no instagram da @la_marcon e nas imagens abaixo e deixe sua vida mais feminina (delicada, acolhedora, gentil, doce, atenta ao que realmente importa, disponível, enfim, aquela pessoa em quem confiar e contar), não importa o gênero.

Nada mais pertinente ao rosa e lembrando que é outubro, já fez seu autoexame?

 

Beijim!

Publicitária, Produtora de Moda, Personal Stylist, Consultora de Imagem especializada em acessórios pela renomada escola francesa Ecole Supérieure de Relooking. Atua com a autoestima feminina há 15 anos, interagindo com conhecimento e seu olhar criativo para que todas (que já passaram ou passarão em sua vida), possam alcançar o objetivo de ser feliz e realizada consigo mesma, em uma leve diversão de esconder e enaltecer o que e quando quiser, para se ser plenamente quem é em estilo, atitude e beleza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *