O significado das cores, aqui e no mundo

Todo ano nesta época surge a mesma questão: a cor escolhida para a virada do ano. Vale consultar a numerologia, seguir o tema da festa, escolher uma cor para atrair prosperidade, amor, paixão… São muitas as possibilidades, hoje já não é unânime o branco. Lembro-me quando pequena as passagens de ano eram comemoradas à beira mar, todos de branco prontos para pular as 7 ondas, estourar um espumante, jogar palmas para Iemanjá mesmo a família dizendo-se católica apostólica romana. Era aquela expectativa por um ano melhor. O que a maioria das pessoas daquela época não compreendia e talvez a maioria de hoje também não compreendam é que um ano melhor começa por como fazemos nossos dias, como agimos e principalmente como pensamos.

Minha escolha de cor para o revéillon mudou de parâmetros ao conhecer meu marido, engenheiro, cético, mas não para todos os assuntos. Cor de roupa para passagem de ano era somente um motivo de mostrar o quanto ele era mais ele em sua expressão de individualidade, escolhendo o preto para demonstrar sua indignação sobre o “ovelhismo”, termo por ele criado para identificar situações onde muitas pessoas fazem algo sem nem se questionar o motivo, só seguem o rebanho. Reatividade à parte, me fez questionar as minhas escolhas.

Como na moda, já houve anos em que o prata reinou soberano, depois o dourado, o amarelo, ano passado verde por mais esperança assim como o greenery da Pantone sugeria, nas lojas, nas redes sociais e na praia. Há os motivos comerciais, os emocionais, os de superstição. Independente de qual seja o seu motivo a escolha da cor muda sim seu humor, logo seu momento.

Hoje mais que nunca sei o poder que as cores tem sobre nós. Elas são responsáveis por sensações despertadas em nosso inconsciente que transformam nosso momento, nosso dia e o de quem está em volta também. Um excelente artifício para quando precisamos de um UP, uma forcinha extra em algum momento da vida e nada tem de superstição. A escolha da cor e a emoção que ela desperta é um recurso utilizado na arte, na moda, na decoração e na beleza.

Normalmente estas sensações inconscientes são coletivas e variam de acordo com a cultura, a região, ou seja, o vermelho não é o mesmo para todos no planeta, tanto que aqui no Ocidente casamos de branco e na Índia de vermelho, ou seja, dependendo da cultura uma mesma cor pode transmitir mensagens distintas. O significado das cores, aqui e no mundo podem ser bem antagônicos.

Caso você trabalhe ou se relacione com pessoas de outros países ou está passando a virada do ano em outro lugar que não o Brasil, é interessante saber seus significados para não cometer nenhuma gafe e acabar fechando portas para sua evolução pessoal ou profissional. Ao lado está o infográfico que encontrei no Pinterest, espero que ajude a pensar melhor sobre as cores e seu uso nas roupas escolhidas para cada ocasião.

 

Pensando em nosso país, a imagem explica como as cores atuam em nosso cérebro. Espero que estas informações possam auxiliar a sua escolha assertiva para uma energia mais que positiva para este momento especial que é a passagem de ano. Divirta-se com este conhecimento e se gostar compartilhe com as amigas, afinal final de ano e coisas boas combinam muito bem e pedem para que seja multiplicado para todos.

Sobre cores para seu cotidiano pessoal e profissional e combinações para seu estilo tem mais no curso: Cores, coordenações e mensagem.

Em 2018, meu desejo para você é que aprenda a fazer brilhar sua autenticidade.

 

Publicitária, Produtora de Moda, Personal Stylist, Consultora de Imagem especializada em acessórios pela renomada escola francesa Ecole Supérieure de Relooking. Atua com a autoestima feminina há 15 anos, interagindo com conhecimento e seu olhar criativo para que todas (que já passaram ou passarão em sua vida), possam alcançar o objetivo de ser feliz e realizada consigo mesma, em uma leve diversão de esconder e enaltecer o que e quando quiser, para se ser plenamente quem é em estilo, atitude e beleza.

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *