Moda, tecnologia têxtil e modalidades esportivas – parte II

O mercado de tecnologia têxtil crescerá em média 25% até o ano de 2020 segundo pesquisas e a área que mais impulsiona estas pesquisas é a militar. Não distante disso vemos alguns esportes radicais surgirem de práticas militares, não poderia ser diferente com as roupas.

Mas há muita tecnologia envolvida também para esportes mais comuns ou menos radicais. Eu já tinha falado da ação bactericida e gerenciamento da transpiração no texto anterior mas não de um tecido que baixa em até 1,6 graus celsius da temperatura corporal do atleta/esportista. Como? Xylitol microencapsulado, enxertado no Lyocel permitindo que em contato com o calor corporal as microcápsulas se abram e permitam uma sensação de frescor.

No ano passado durante o segundo fórum de inovação têxtil da ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), o foco foi na moda esportiva. Durante o evento foram apresentadas pesquisas e desenvolvimento dos seguintes produtos: Camisetas com touca térmica, elástico que permite os seios transpirarem, maiôs com proteção UV e resistentes ao cloro.

Estes produtos entram no mercado e quando vemos já saíram da atividade esportista e para ganhar as ruas, o cotidiano das cidades, mais adeptos e não diferente disso, mais moda para este segmento. É a liberdade de expressão, a possibilidade de transmitir a mensagem através da roupa, dos acessórios, tatuagens, gestos e trejeitos mais do que com palavras.

Um ótimo exemplo é o tênis utilizado por skatista hoje é visto em produções com saias e vestidos. As bermudas de surfistas utilizadas aos finais de semana, quando o paletó “já não cabe mais”. Vestidos de Neoprene, Camisetas dry fit, tênis de corrida com sistema complexo de amortecimento para passear ou simplesmente compor o look de acordo com o lyfestyle de cada um.

Para quem se interessa pelo assunto, hoje (29/07/2016), às 19:30h falo sobre moda, esportes radicais e tecnologia têxtil na TV+ na Net.

Publicitária, Produtora de Moda, Personal Stylist, Consultora de Imagem especializada em acessórios pela renomada escola francesa Ecole Supérieure de Relooking. Atua com a autoestima feminina há 15 anos, interagindo com conhecimento e seu olhar criativo para que todas (que já passaram ou passarão em sua vida), possam alcançar o objetivo de ser feliz e realizada consigo mesma, em uma leve diversão de esconder e enaltecer o que e quando quiser, para se ser plenamente quem é em estilo, atitude e beleza.

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *